Investigação

Início / Investigação / Apresentações / Avaliação de parâmetros produtivos e biométricos em varrascos de raça Alentejana

Avaliação de parâmetros produtivos e biométricos em varrascos de raça Alentejana

Ano
2003
Resumo

Neste trabalho procedeu-se à avaliação de parâmetros produtivos (ganho médio diário e índice de conversão, espessura da gordura subcutânea dorsal e profundidade e área do músculo Longissimus Dorsi) e biométricos (perímetro torácico e comprimento) de varrasquetes de raça Alentejana. Utilizaram-se 15 machos, provenientes de diferentes explorações, que com um peso vivo médio de 55 kg foram alojados em parques individuais ao ar livre e sujeitos a um regime alimentar próximo do Ad Libitum até atingirem um peso vivo médio de 105 kg. Durante o período de ensaio (entre os 55 kg e 105 kg de peso vivo) observou-se um ganho médio diário de 671 ± 24 g e um índice de conversão médio de 4,24 ± 0,21. A espessura da gordura subcutânea dorsal registou um aumento médio de 10,6 ± 0,5 mm, enquanto que os aumentos médios da profundidade e da área do músculo Longissímus Dorsi foram respectivamente de 6,6 ± 0,6 mm e de 6,4±0,5 cm2. No que diz respeito aos parâmetros biométricos, entre os 55 e 105 kg de peso vivo, registaram-se incrementos médios de 15,9 ± 1,0 e de 13,8 ± 1,1cm, respectivamente no comprimento total e no perímetro torácico

Palavras Chave

Raça suína Alentejana; Varrasquetes; Parâmetros produtivos e biométricos /

Tipo de Apresentação
Comunicação oral
Tipo de Revisão
Nacional
Âmbito Geográfico
Nacional
Situação
Publicado
Área de Trabalho
Referência

Freitas , A.; Charneca, R.; Maceira, P.; Nunes, J. (2003). Avaliação de parâmetros produtivos e biométricos em varrascos de raça Alentejana. XIII Congresso de Zootecnia, Publicado em CD (sem numeração de páginas).Universidade de Évora, Évora, Portugal.