Investigação

Início / Investigação / Apresentações / Parâmetros produtivos e zoométricos de varrascos de raça Alentejana

Parâmetros produtivos e zoométricos de varrascos de raça Alentejana

Ano
2006
Resumo

Este trabalho teve como objectivo fundamental a avaliação de parâmetros produtivos e zoométricos em varrascos de raça Alentejana. Foram utilizados 10 varrasquetes, provenientes de diferentes explorações, que com um peso médio de 80 Kg foram alojados em parques individuais ao ar livre e alimentados com um alimento composto completo (3100 Kcal ED e 150 g PB /Kg) distribuído num regime alimentar próximo do “Ad Libitum” até aos 120 Kg de peso vivo. Diariamente controlou-se o alimento distribuído e consumido, quinzenalmente procedeu-se à pesagem dos animais e mensalmente efectuaram-se medições do comprimento corporal e do perímetro torácico e procedeu-se à determinação da espessura da gordura subcutânea dorsal e da área do músculo Longissimus dorsi, através de ecografias. Determinou-se um ganho médio diário de 619 ± 26 g /dia e um índice de conversão alimentar de 5,08 ± 0,22. Encontraram-se elevados coeficientes de correlação entre o peso vivo e o comprimento corporal (R2 = 0,895), perímetro torácico (R2 = 0,946), espessura da gordura subcutânea dorsal (R2 = 0,745) e área do músculo Longissimus dorsi (R2 = 0,781). O elevado coeficiente de regressão entre o peso vivo e o perímetro torácico poderá servir de justificação para a criação de uma fita barimétrica específica para a raça suína Alentejana

Palavras Chave

Parâmetros produtivos e zoométricos; Varrascos raça Alentejana.

Tipo de Apresentação
Comunicação oral
Tipo de Revisão
Nacional
Âmbito Geográfico
Nacional
Situação
Publicado
Área de Trabalho
Referência

Freitas, A.; Charneca, R.; Mourão, T.; Nunes, J. (2005). Parâmetros produtivos e zoométricos de varrascos de raça Alentejana. XV Congresso de Zootecnia, pp.315-319. Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. UTAD. Vila Real, Portugal.