Investigação

Início / Investigação / Apresentações / Variação da termólise sensível em bovinos das raças Alentejana, Limousine e Mertolenga perante diferentes armazenamentos de calor

Variação da termólise sensível em bovinos das raças Alentejana, Limousine e Mertolenga perante diferentes armazenamentos de calor

Ano
2006
Resumo

A experiência foi delineada com o objectivo de evidenciar eventuais diferenças na condutância em animais das raças Alentejana, Limousine e Mertolenga (Bos taurus taurus). A medição da espessura do pelame permitiu identificar valores mais baixos na raça Mertolenga seguida pelas raças Alentejana e Limousine. A utilização de discos de fluxo de calor permitiu constatar isolamentos tissulares mais baixos na raça Mertolenga, principalmente em condições de elevada temperatura radiante, pressupondo extensa vasodilatação. As repercussões conjuntas do isolamento tissular e das características do pelame evidenciaram condutância superior na raça Mertolenga seguida da raça Alentejana. A raça Limousine apresentou maiores limitações na perda de calor sensível principalmente a temperaturas mais elevadas.

Palavras Chave

Tolerância ao calor, termólise sensível, temperatura corporal, bovinos

Keywords

heat tolerance, sensible thermolysis, core temperature, beef cattle

Tipo de Apresentação
Comunicação oral
Tipo de Revisão
Internacional
Âmbito Geográfico
Internacional
Situação
Publicado
Referência

Pereira, A.; Almeida, J.; Baccari, J.; Titto, E. (2006). Variação da termólise sensível em bovinos das raças Alentejana, Limousine e Mertolenga perante diferentes armazenamentos de calor. IV Congresso Brasileiro de Biometeorologia, Publicado em CD (sem numeração de páginas. Ribeirão Preto- SP, Brasil.