Investigação

Início / Investigação / Projectos / Efeito de compostos fenólicos na sensibilidade gustativa: estudos de cinética celular e adaptações químicas e morfológicas da cavidade buca

Efeito de compostos fenólicos na sensibilidade gustativa: estudos de cinética celular e adaptações químicas e morfológicas da cavidade buca
Effects of phenolic coumpounds in the gustatory sensitivity: cell kinetics studies, chemical and morphological adaptations in the oral cavity

Data
2001 / 2003
Instituição Lider
ICAM, Instituto de Ciências Agrárias Mediterrâneas
Parceiros

 

Centro de Histofisiologia, Patologia Experimental e Biologia do Desenvolvimento (Universidade de Coimbra, Faculdade de Medicina); Instituto de Tecnologia Química e Biológica (Universidade Nova de Lisboa)

Fonte de financiamento
FCT
Financiamento total
47.000 €
Participação
Coordenação global
Resumo

 

Todos os animais se alimentam de modo selectivo. A seleccção de alimento, uma das componentes do comportamento alimentar, é uma consequência de causas evolucionárias, tróficas e ambientais. O projecto procura obter informação sobre as bases biológicas das preferências alimentares, e utiliza uma abordagem comparativa, utilizando caprinos, ovinos e ratos. A hipótese de trabalho baseia‑se na observação de que, aparentemente, as cabras são menos sensíveis do que as ovelhas ao sabor "amargo". Se esta situação resultar de adaptações morfológicas, então as cabras terão menos quimioreceptores, ou uma maior taxa de turnover celular, para suportar os efeitos deletérios das substâncias químicas na mucosa. Mas talvez as causas sejam adaptações químicas, por exemplo, o bloqueio dos polifenóis pelas proteínas salivares e da mucosa.O projecto foca a sua atenção nos polifenóis e seus metabolitos secundários, envolvidos no gosto amargo e na sensação de adstringência, e estuda as papilas gustativas, glândulas salivares e epitélio da cavidade bucal. Os objectivos são caracterizar a morfologia e histologia das línguas de caprinos e de ovinos, e verificar se os polifenóis afectam a sensibilidade gustativa, e se induzem adaptações morfológicas e/ou químicas. Para tal efectuar‑se‑ão estudos comportamentais, acompanhados de estudos de morfologia e de histopatologia, por microscopia óptica e electrónica, e por estudos bioquímicos sobre proteinas, recorrendo a imunohistoquímica e a electroforese bidimensional.

Abstract

 

All animals feed selectively. Food selection, a component of feeding behaviour, is a consequence of evolutionary, trophic, and environmental causes. The project will get information on the biological basis for food preferences, and will use a comparative approach, working with sheep, goats and rats. The working hypothesis is based on the observation that, apparently, goats are less sensitive to bitter taste then sheep. If this is a result of morphological adaptations, then they would have less chemoreceptors, or a higher cell turnover rate, to cope with deleterious effect of chemicals on the mucosa surface. But perhaps this is a result from a chemical adaptation, as for instance, blocking of polyphenols by salivary and mucosa proteins. The project focus in polyphenols and their secondary metabolites, involved in the bitter taste and astringent sensation. It also focus in lingual taste buds, salivary glands, and ephitelium of the oral cavity. The objectives are to measure taste buds of sheep and goats tongues, to investigate how the dietary polyphenols affect taste sensitivity, and how they induce morphological and chemical adaptations. In order to do so, behavioural studies will be held, together with morphological and histopatological studies, by light and electron microscopy. Biochemical studies on proteins will be executed by imunohistochemical techniques and by bidimensional electroforesis.

Palavras Chave

 

Comportamento alimentar; Apoptose; Paladar; Proliferação celular

Keywords

 

Feeding behaviour; Apoptosis; Taste; Cell proliferation

Tipo de Projecto
Investigação
Âmbito Geográfico
Nacional
Situação
Encerrado