Investigação

Início / Investigação / Projectos / Selecção para a produção de leite da raça caprina Serpentina com base na utilização de marcadores moleculares

Selecção para a produção de leite da raça caprina Serpentina com base na utilização de marcadores moleculares

Data
2002 / 2005
Instituição Lider
DRAAL, Direcção Geral de Agricultura do Alentejo
Parceiros

CEBA, Centro de Experimentação do Baixo Alentejo; Universidade de Évora; UTAD, Universidade de Trás‑os‑Montes e Alto Douro; INETI, Instituto Nacional de Engenharia, Tecnologia e Inovação; APCRS, Associação Portuguesa de Capricultores da Raça Serpentina; INIAP ‑ EZN, Instituto Nacional de Investigação Agrária e das Pescas ‑ Estação Zootécnica Nacional

Fonte de financiamento
INIAP, Instituto Nacional de Investigação Agrária e das Pescas
Financiamento total
127.000 €
Participação
Execução
Resumo

Com o objectivo de poder vir a delinear um programa de selecção genética para a produção de leite da raça caprina Serpentina com base na utilização de marcadores moleculares, este estudo procedeu à identificação na população caprina Serpentina de polimorfismos de DNA para loci de proteínas do leite, nomeadamente alfaS1, alfaS2, beta e k Caseína e beta-Lactoglobulina pela técnica PCR-RFLP e determinar possíveis associações entre os genótipos identificados e características quantitativas da produção de leite e queijo, nomeadamente, quantidade de leite produzido e características químicas (teores de gordura e proteína) e determinação de rendimentos queijeiros. Com base na informação obtida foram definidos critérios de selecção, assistida pelos marcadores, dos reprodutores (machos e fêmeas) identificados, e foramdelineados sistemas de cobrição dirigida e/ou inseminação artificial. Numa última fase deste estudo foi seleccionado um lote de futuros reprodutores, determinada a produção leiteira das fêmeas na primeira lactação e criado um núcleo de machos para posterior utilização num programa de inseminação artificial. Tentou-se identificar os reprodutores (machos e fêmeas) portadores dos alelos ditos "fortes" para factores de produção de leite (quantitativos e qualitativos) e demonstrar o efeito da presença destes alelos nos níveis de produção leiteira desta raça.

Abstract

Identification of DNA polymorphism for milk protein loci, namely a‑s2 casein, b‑lactoglobulina and k‑ caseína in the Serpentina goat breed, and to associate the effect of genetic polymorphism with milk production traits, milk composition and, rheological properties of milk, cheese yield and texture properties of goat cheese.

Palavras Chave

Raça Serpentina; Genotipagem; k‑caseína; Leite; Queijo

Keywords

Serpentina goat; Gene k‑casein; Milk; Cheese

Tipo de Projecto
Investigação
Âmbito Geográfico
Nacional
Situação
Encerrado