Investigação

Início / Investigação / Provas e Teses / Estudo de parâmetros reprodutivos e de capacidade maternal de porcas Large‑White x Landrace

Estudo de parâmetros reprodutivos e de capacidade maternal de porcas Large‑White x Landrace

Ano
2006
Instituição
Universidade de Évora
País
Portugal
Total de páginas
63
Resumo

A produtividade numérica é principalmente afectada pela taxa de prolificidade das porcas e pela taxa de mortalidade dos leitões entre o nascimento e o desmame. O presente trabalho analisa parâmetros reprodutivos e produtivos num efectivo de porcas LWxLR com diferente número de ordem de parto (NOP). Depois de analisada a distribuição em NOP da população de uma exploração de porcas Large White x Landrace, acompanharam‑se 25 porcas durante o trabalho de parto e os 21 dias de aleitamento seguintes. Nas porcas foram registados: o NOP, a duração da gestação e do parto, o número total de leitões nascidos e nascidos vivos. Nos leitões foram registados: o sexo, a temperatura rectal ao nascimento e 1h após o nascimento; os pesos ao nascimento, às 24 horas, aos 7, 14 e 21 dias de idade. Os resultados da avaliação reprodutiva e produtiva das porcas mostrou que, entre o 1º e o 3º parto, não se verificou qualquer tendência no que respeita à evolução dos parâmetros reprodutivos e produtivos das porcas, tendo as porcas no 4º e 5º parto apresentado, globalmente, os melhores resultados nestes parâmetros. O tamanho da ninhada e peso total da ninhada afectaram significativamente a produção de colostro (p<0,01). Nos leitões, o peso ao nascimento demonstrou ser o parâmetro mais influente na sobrevivência dos leitões, afectando também positivamente a temperatura, ingestão de colostro (p<0,001) e o crescimento (ganhos médios diários; p<0,001). O peso ao nascimento embora significativamente diferente entre sexos (p<0,05), não afectou significativamente o peso ao desmame.A mortalidade total foi 18,3%. Nos leitões que não baixaram a sua temperatura rectal entre o nascimento e a 1 hora de vida, observou‑se uma taxa de mortalidade de 15,5% contra os 22% observada nos leitões cuja temperatura baixou no mesmo período. A análise por classes de peso ao nascimento e classes de ingestão de colostro mostrou claramente que leitões que ingerem menos colostro e têm menor peso ao nascimento são mais propensos a morrer durante o período pós‑natal até ao desmame. Práticas de maneio adequadas poderão, portanto, maximizar a produtividade numérica das porcas pelos seus efeitos sobre os factores que mais a afectam. Dentro destas parecem‑nos de salientar o maneio alimentar das porcas durante os períodos mais críticos com vista à obtenção de: mais leitões por parto, peso médio do leitão ao nascimento superior, ninhadas mais homogéneas ao nível do peso dos leitões e elevadas produções de colostro e leite

Abstract

Numeric productivity is mainly affected by sow’s prolificacy and piglet’s survival from birth to weaning. The main purpose of this work is to study reproductive and productive parameters of LWxLR sows of different parities. After selection by parity, 25 LW x LR sows were chosen and farrowing and lactations were followed. Data on sows and piglets were recorded. Sows: parity, piglets expulsive stage duration, number of total, alive born piglets and stillbirths. Piglets: sex; rectal temperature at birth, and 1 hour and 24 hours after; weight at: birth, 24 h and on the 7th, 14th and 21st day of life.The results showed no improvement tendencies from 1sr to 3rd parturition respecting reproductive parameters, however, 4th and 5th parturition sows have shown, generally, better results. Litter size and litter weight afected positively colostrum production (p<0,01).Birth weight was the most important factor to piglet survival, positively affecting piglet’s rectal temperature, colostrum intake (p<0,001) and growth (average daily gain; p<0,001). Although different between sexes (p<0,05), birth weight had no effect at weaning weight.Overall mortality reached 18,3%. Piglets that maintained or increased rectal temperature between birth and 1 hour of life presented a mortality rate of 15,5%, whereas piglets presenting rectal temperature losses in the same period, presented a mortality rate of 22%.The analysis, within litter, regarding birth weight and colostrum intake shown clearly that piglets with lower birth weight and/or with lower colostrum intake are more prone to die during the nursing period. In order to accomplish maximum numeric productivity it is necessary to know how to deal with the parameters that affect it the most. Among others, sow’s feeding seems to play a main role during critical periods and improvements is this field may lead to: prolificacy increases, higher birth weight of born piglets, more homogenous litters (regarding birth weights) and higher colostrum and milk productions

Palavras Chave

Suínos; Prolificidade; Leitões; Colostro; Sobrevivência

Keywords

Swine; Prolificacy; Piglets; Colostrum; Survival; Mortality

Tipo de tese
Licenciatura
Situação
Aprovada
Área de Trabalho
Referência

Barros, R (2006). Estudo de parâmetros reprodutivos e de capacidade maternal de porcas Large‑White x Landrace. Universidade de Évora (Portugal ): 63 pp.