Investigação

Início / Investigação / Provas e Teses / Variantes da amostragem que influenciam o valor nutritivo de arbustivas

Variantes da amostragem que influenciam o valor nutritivo de arbustivas

Ano
2001
Instituição
Universidade de Évora
País
Portugal
Total de páginas
42
Resumo

Estudaram-se várias metodologias de colheita de amostras de arbustivas, a fim de testar a influência das técnicas de amostragem no valor nutritivo de arbustos do género Quercus (Q.ilex, Q. suber e Q. coccifera). Quantificou-se a proteína, várias fracções da fibra e lenhina e mediu-se a quantidade de taninos através do método de difusão radial, de diferentes tecidos vegetais (folhas, pecíolos, nervuras, troncos). Realizaram-se as mesmas análises em várias subamostras, obtidas com diferentes percentagens de incorporação de diferentes tecidos. A quantidade de fibra no tecido foliar foi de 43,23 enquanto foi de 47,98 para os pecíolos e nervuras, tendência seguida pela lenhina, que apresentou valores mais elevados para o pecíolo e nervuras comparativamente ao tecido foliar (16,58 vs 13,48%). Já a quantidade de polifenóis foi significativamente mais elevada no tecido foliar (24,75 PPA - aneís de proteína precipitada cm2/g de amostra). Quanto a incorporação de folhas na amostra compósita decresce, decrescem linearmente a proteína bruta (r=0,963) e os taninos (r=0,988), aumentando linearmente a fibra (r=0,992). Valores de incorporação de folhas compreendidos entre 75 e 50% de folhas apresentam variações menores. Concluiu-se ser aconselhável, sempre que se analise o valor nutritivo de arbustivas, que as folhas sejam separadas dos troncos, e que os valores nutritivos seja reportados a uma estimativa da porporção das folhas na amostra total

Palavras Chave

Metodologia de amostragem; Arbustivas; Fibra; Lenhina; Taninos

Keywords

Sampling procedures; Shrubs; Fiber; Lignin; Tannins

Tipo de tese
Licenciatura
Situação
Aprovada
Referência

Ganchinho, M (2001). Variantes da amostragem que influenciam o valor nutritivo de arbustivas. Universidade de Évora (Portugal ): 42 pp.